sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Casaram-se...







Quando ela passava
desfilando formosa
todo ele sorria,
mais parecia uma fada
com cheiro de rosa
que alegrava o seu dia;

Sorriso de estrela
tinha tranças pretas
vestido de flores,
e ele à janela
via borboletas
de todas as cores;

Ela achava-o engraçado
pintou uma aguarela
com ambos a dançar,
ele tinha sonhado
que era com ela
que ia casar;

Foram crescendo,
nasceu linda amizade
nada os separava,
até que um dia temendo
e com grande ansiedade
lhe perguntou se o amava.

Casaram-se...



Malik

2 comentários:

  1. Os teus poemas possuem uma escrita tão tua que os torna mágicos e inconfundíveis.
    E falas do amor, no sentido mais puro e belo.
    Gostei como sempre do poema.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado. As tuas palavras são importantes.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.