segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Tu és mais







Tu és mais.
Tu és muito mais...
És a minha força quando estou fraco,
és luz que ilumina o meu ser,
és poema, livro, canção,
és tudo o que um homem quer...

Tu és mais.
Tu és muito mais...
És o poema que me delicia,
és o livro que devoro,
és a canção que me encanta,
és a mulher que um homem quer...

Tu és mais.
Tu és muito mais...
És a musa inspiradora,
és o fogo que me sacia a sede
és quem me leva ao paraíso,
és a amante que um homem quer...

Mas tu és mais.
Tu és muito mais!



Malik

2 comentários:

  1. Ternura no querer. Doçura no sentir.
    É esse o amor das palavras do teu poema.
    Gostei de te ler.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.