segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Onde está a tua mão?






A angústia de não te ter a meu lado
traz-me o coração parado
nada mais me faz sentido,
como estar acordado
meio anestesiado
sensação de andar perdido;

O tempo está cansado
os dias parecem um fardo
a vida não acontece,
amanhecer nublado
pôr-do-sol deslavado
e a noite nada oferece;

E assim se passa o dia
a tristeza por companhia
da completa solidão,
a minha cama está fria
já nem sei o que é alegria
onde está a tua mão?


Malik

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.