quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Razão







Não te deixes navegar
nos mares da indecisão,
são tormentas a evitar,
riscos de naufragar
no mundo da solidão;

Esquece essa ilusão
de moldar um sentimento,
ninguém manda no coração
muito menos a razão
ou o passar do tempo;

Quem se perde a pensar
pelos caminhos da razão,
jamais irá encontrar
a essência de amar
que nos leva à paixão.


Malik

4 comentários:

  1. Razão e coração.Poderá haver um equilíbrio entre os dois. Poderá haver vezes em que te deixas levar pelas emoções, outras mais racionais...É certo que o coração tem uma vontade muito própria :)
    Gostei muito do poema, porque retrata uma realidade que vivemos mais vezes que as que desejamos. Ele é uma boa reflexão.
    Obrigado Malik.

    ResponderEliminar
  2. O ideal será que na balança o prato do coração pese mais...
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Ora aqui está uma boa reflexão! O último verso diz tudo. Por vezes temos de esquecer a razão e dar asas ao coração. Só assim faz sentido e só assim somos verdadeiros para connosco e verdadeiramente felizes.
    Beijinho e um ótimo fim de semana

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.