domingo, 22 de janeiro de 2017

Meu amor






Meu amor,
tudo foi construído
na entrega com sentido
em partilha bem real,
este nós que nos é querido
nada tem de proibido
ou coisa que faça mal;

Meu amor,
temos vivido o momento
como quem foge do tempo
em corrida alucinante,
sempre em inovação
todo o dia uma canção
cada noite um diamante;

Meu amor,
o nós não pode acabar
o sol deixaria de brilhar
e o verão seria inverno,
o imenso céu choraria
só o amor não morreria
pois esse será eterno!


Malik

2 comentários:

  1. Muito bonito o poema. Que o sol nunca deixe de brilhar na tua vida.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado!
    Que brilhe com o mesmo fulgor na tua, é o meu desejo.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.