domingo, 15 de janeiro de 2017

Um pôr do sol







Fui até junto do mar
precisava descansar
do bulício da cidade,
as nuvens estavam ausentes
os raios de sol presentes
cobrindo-me de saudade;

Recordar os nossos dias
de marés e maresias
antes de a vida levar-te,
sinto a falta desse amor
neste espectáculo de cor
que é o sol a deitar-se;

Há no mundo muita beleza
mas trago comigo a certeza
que não há coisa mais bela,
pena que tu minha amada
agora noutra jornada
não me pintes esta tela.


Malik

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.