quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Escultura







Há mistério no teu perfume
leveza no teu andar,
pões corações no lume
ou roídos de ciúme
com o teu simples passar;

Irradias simpatia
desfilas simplicidade,
vestes no olhar alegria
tudo em ti é harmonia,
sorriso, felicidade;

Chamam-te de escultura
tal a tua perfeição,
para mim és Mulher madura
quando abraças a doçura
que encontras em meu coração.


Malik

2 comentários:

  1. Uma conjugação perfeita entre a imagem e o poema, onde as palavras "desfilam simplicidade e harmonia".
    Muito belo.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado! Faço questão dessa simplicidade. Afinal, é a minha forma de estar.
    Beijo.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.