quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Idades







Há jovens que estão velhos
e idosos com juventude,
desconfia dos espelhos
não abraces seus conselhos         
em imagem que ilude;

Olha bem teu interior
lá se encontra a tua idade,
se a pouco ou nada dás valor
e a vida perdeu sabor
já a juventude é saudade;

Mas se vires alguns sinais
do que foi uma criança,
vai fundo, procura mais
e não desistas jamais
neles mora a tua esperança;

A velhice vai-se instalando
na rotina consentida,
no sonho perder encanto
no riso que vai mingando
a cada dia de vida.


Malik

4 comentários:

  1. Mais um poema lindo! É verdade, a idade está no nosso interior.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. A criança que há em nós, o sorriso vai-se perdendo cada dia que a idade aumenta e as dificuldades surgem. Esta é a realidade.
    O poema é muito belo.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Fico feliz por gostares, obrigado!
    Beijo.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.