quarta-feira, 22 de março de 2017

Ao acordar






Um galo cantou
logo me acordou
ao raiar do sol,
estendi a mão
procurei-te em vão,
frio o lençol;

Sentei-me na cama
fiz filme de drama
oco de ilusão,
já bem acordado
ergui-me cansado
arrastei-me pelo chão;

Olhei o espelho
onde a batom vermelho
se podia ler,
fui trabalhar
volto ao jantar
para te amar, para viver.


Malik

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.