sexta-feira, 21 de abril de 2017

Formatação







Sinto-me um feliz vagabundo
num mundo que vive ao segundo
sufocando o ser humano,
de alma já definhada
dei por mim a não querer nada
e a abandonar o rebanho;

Sem ponta de arrependimento
sou agora dono do tempo
que volto a sentir passar,
disse adeus à hipocrisia
abracei um novo dia
com outra forma de estar;

Até as cores ganharam vida
após a minha saída
do fato padronizado,
o olhar e não ver
e o viver por viver
fazem parte do passado;

Algo vai mal nesta sociedade formatada,
amanhã serão bem mais
a dar por si e a não querer nada!


Malik

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.