terça-feira, 4 de abril de 2017

Interrogação








Uma noite diferente,
uma estrela cadente,
a saudade dói demais,
displicente,
divergente,
não entendi os sinais;

Sentimentos controversos,
pensamentos dispersos,
paira uma interrogação,
afinal o que é a verdade
para além da simplicidade
das razões do coração?


Malik

12 comentários:

  1. Delicadamente belo.
    A verdade está na simplicidade das pessoas e das coisas...

    ResponderEliminar
  2. Sempre simpática! És um amor.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Grato, Cidália! Simpática como sempre!
      Beijinho.

      Eliminar
  4. A tua escrita faz-me bem à alma! A simplicidade tanto das pessoas, dos momentos como dos bens materiais é sempre sinónimo de verdade.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Quem sente, vive. Quem pensa, sobrevive.

    ResponderEliminar
  6. Adorei! É um excelente tema para reflectir. Não há verdade como a do coração, todas as outras são verdades construídas.
    Beijinho

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.