domingo, 2 de outubro de 2016

O tempo







“O tempo não existe. O que existe é o momento. Assim como no início do cinema... o rolo do filme era um sucessão de fotografias.
Chamamos tempo à sucessão de momentos. Únicos. Irrepetíveis.”

Malik

2 comentários:

  1. E por serem únicos e irrepetíveis é que temos que os aproveitar e saborear ao máximo.
    Beijinho

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.